Arias
Duos...
Óperas
Cantatas
Compositoras
Switch to English

Ária: Yedi's Aria

Compositor: Cui César

Ópera: The Mandarin's Son

Papel: Yedi (Soprano)

Descarga música impresa gratis: "Yedi's Aria" PDF
Rachel's Song. Rachel. Mademoiselle Fifi. CuiFatima's Aria. Fatima. Prisoner of the Caucasus. CuiMary's First Romanza. Mary. William Ratcliff. CuiMary's Second Romanza. Mary. William Ratcliff. CuiAncora un passo or via. Madame Butterfly. Madama Butterfly. PucciniEn proie à la tristesse. La Comtesse. Le comte Ory. RossiniO mio babbino caro. Lauretta. Gianni Schicchi. PucciniThe Jewel Song ("Ah, je ris de me voir"). Marguerite. Faust. GounodSe il padre perdei. Ilia. Idomeneo, re di Creta. MozartOh del mio dolce ardor. Paris. Paride ed Elena. Gluck
Wikipedia
César Antonovitch Cui (em russo: Цезарь Антонович Кюи; Vilnius, 1835 – Petrogrado, 1918) foi um compositor e crítico musical russo de ascendência francesa e lituana. Foi um compositor extremamente prolífico, escrevendo muitas peças para piano, música de câmara, mais de 300 canções, peças para orquestra e várias óperas.
Cui nasceu em Vilnius. Estudou piano e teoria musical na infância, e entrou na Escola de Engenharia Militar de São Petersburgo, iniciando uma carreira militar. Tornou-se especialista em fortificações. Quando em 1857 conheceu Mily Balakirev, passou a dedicar-se seriamente à música, tornando-se membro do Grupo dos Cinco e o único do quinteto a estudar música na academia.
Como crítico, Cui escreveu mais de 800 artigos entre 1864 e 1918 (sobretudo na época 1864-1900) para vários jornais e outras publicações na Rússia e resto da Europa. Vários dos artigos foram agrupados tematicamente em monografias: Kol'tso Nibelungov (O Anel do Nibelungo, 1876); A música na Rússia (1880); Russkii romans (O Romance Russo, 1896). Na década de 1860, a sua crítica no jornal são-petersbuguense Vedomosti valeu-lhe a alcunha "niilista musical" devido ao desdém pela antiga música clássica (como a da época de Mozart) e ao seu apelo pela originalidade musical.
Os membros do Grupo dos Cinco estão sepultados no Cemitério Tikhvin.
Mily Balakirev
Aleksandr Borodin
César Cui
Modest Mussorgsky
Nikolai Rimsky-Korsakov